Front-end x back-end Diferença entre desenvolvimento de aplicativos

Front End ou Back End developer são termos para diferenciar onde uma pessoa que programa acaba se especializando. Essas ferramentas oferecem recursos avançados, como realce de sintaxe, auto-completar, depuração e integração com controle de versão, facilitando o desenvolvimento e a manutenção do código. Contudo, ter estes conhecimentos não é obrigatório, pois os
frameworks back-end já fazem o trabalho por debaixo dos panos. Ou seja, no
framework temos um código pronto para manipular o banco de dados. Conhecer um banco de dados e dominar a linguagem SQL é um
diferencial na sua carreira back-end, pois estes conhecimentos podem te ajudar
muito.

Um programador que trabalha exclusivamente com o desenvolvimento de back-end tende a criar e dar manutenção em APIs a maior parte do tempo. Cursos flexíveis e time de mentores com profissionais de empresas como Disney, Nubank e iFood. Como vimos, um framework é uma forma mais ágil e segura de
se criar sistemas Back-end. Quando falamos do Front-end estamos falando da parte da
aplicação que fica com o usuário – seja em seu smartphone ou no seu computador.

Relação com design e experiência do usuário

Nesse
caso, você vai criar códigos para manipular o banco de dados onde os dados do
software ficam salvos. Esses profissionais devem ser capazes de trabalhar com diversas tecnologias e linguagens de programação. Além disso, devem ter uma visão completa do funcionamento de uma aplicação web. Desenvolvedores full-stack são um profissionais que possuem habilidades tanto no desenvolvimento front-end quanto no back-end. São responsáveis por desenvolver aplicações completas e integradas, desde o design até o banco de dados e implementação de servidor.

  • Conhecer um banco de dados e dominar a linguagem SQL é um
    diferencial na sua carreira back-end, pois estes conhecimentos podem te ajudar
    muito.
  • Uma das características mais marcantes de Java é sua portabilidade, ou seja, a capacidade de executar o mesmo código em diferentes sistemas operacionais sem a necessidade de modificá-lo.
  • Aquele que trabalha com o desenvolvimento da parte front-end de um sistema pode ser chamado de desenvolvedor ou programador front-end.

Além disso, conhece estruturas de desenvolvimento de aplicativos como Django, Ruby on Rails e Laravel, que integram o front-end e o back-end. Desenvolvedores de back-end também sabem como gerenciar e projetar bancos de dados relacionais e não relacionais. Uma pessoa desenvolvedora https://blogdovalente.com.br/noticias/2023/12/curso-de-cientista-de-dados-porque-voce-deve-dar-este-passo/ back-end é responsável por implementar as regras de negócio de uma aplicação. Isto é, criar as funcionalidades necessárias para que a interface do sistema possa se comunicar com uma base de dados. Isso é possível através de uma linguagem back-end, que permite codificar a lógica.

Desenvolvedores e Tecnologias Back-end

Embora muitas vezes trabalhem em conjunto, essas duas áreas têm funções bem distintas. Neste artigo, vamos explorar as principais diferenças entre programação front-end e back-end. Em suma, dominar as diferentes formas de comunicação bootcamp de programação entre o backend e o frontend é fundamental para o sucesso no desenvolvimento de aplicações web. Esperamos que este guia completo tenha fornecido as informações necessárias e auxiliado os desenvolvedores brasileiros nessa jornada.

Cada usuário tem sua própria cópia de um aplicativo; portanto, o front-end não precisa lidar com problemas de simultaneidade. Desenvolvedores full-stack têm habilidades em desenvolvimento de front-end e back-end. Uma estratégia é armazenar arquivos em uma rede de entrega de conteúdo (CDN), que atua como intermediária entre o front-end e o back-end. Sempre que um usuário faz uma solicitação no front-end, a CDN verifica se os dados estão disponíveis e responde diretamente. Em uma abordagem de computação distribuída, os desenvolvedores podem dividir as tarefas de back-end em vários nós para que o back-end gerencie workloads intensivos em dados simultaneamente.

Conteúdos por

Em muitos casos, as pessoas se especializam em uma delas e dedicam seus estudos e projetos a essa função. As duas são apontadas como carreiras promissoras para o futuro do trabalho, segundo o Fórum Econômico Mundial. Antigamente os sitemas eram muito mais simples e você conseguia se virar bem como front-end apenas sabendo HTML, CSS e JavaScript. Mas de uns tempos pra cá muita coisa mudou, e pra ser considerado um desenvolvedor front-end, é necessário muito mais do que isso. Ele é uma camada que não pode ser vista, mas pode interagir com o usuário apresentando algo que pode ser visto. Cada uma dessas linguagens tem as suas diferentes versões, mas todas elas são executadas no computador do próprio usuário do site, por isso são também chamadas de “client-side”.

O trabalho de um Front-End é focado em idealizar interfaces para que os usuários interajam e tenha uma boa experiência. Apesar disso, o PHP também pode ser utilizado para a
construção de APIs que podem ser acessadas por outros sites e até mesmo
aplicativos mobile. Por falar em JS, o JavaScript é outra linguagem muito
utilizada no desenvolvimento Front-end, com o objetivo de deixar páginas HTML
mais dinâmicas. É o Back-end que adiciona, busca, edita ou apaga as informações do banco de dados.